Perguntas e RespostasSeguro AutoSeguros

Cuidado na hora de nomear o condutor principal do seguro auto

0
Cuidado na hora de nomear o condutor principal do seguro auto

Caso seja informado que o condutor principal do seguro auto é fulano de tal e a realidade não é essa, um processo poderá acontecer. Você precisa entender sobre isso antes que seja tarde.

Neste artigo vamos tirar muitas dúvidas sobre como deve ser feita a escolha do condutor principal, o que é certo a ser feito o que não fazer e algumas dicas adicionais.

Muitas vezes, quem contrata um seguro auto acaba indicando como condutor principal uma pessoa que não condiz com a realidade e isso poderá mudar tudo na hora do pagamento da indenização do seguro.

Aproveite para cotar o seu seguro auto agora mesmo!

Pais e avós são nomeados como condutores principais todos os dias, mas quem passam a maior parte do tempo no volante são os próprios filhos ou netos.

Mas e aí, como isso pode impactar no seu seguro, caso você indique como condutor principal uma pessoa que na verdade não usará o veículo ou pouco irá usá-lo?

O condutor principal no seguro de carro

Quando há a contratação do seguro de carro é necessário fazer um preenchimento de dados, esses que são vistos como informações de risco para seguradora e que irão influenciar no valor do seu seguro.

Neste preenchimento existe uma parte onde pergunta sobre o condutor principal do veículo a ser segurado.

É com base nesta informação que será feito o calculo do seguro e será determinado o valor do prêmio.

Isso simplesmente quer dizer que o perfil do condutor principal será avaliado.

Os principais dados que a seguradora verifica são:

  • Idade do condutor;
  • Estado Civil;
  • Moradia;
  • Profissão;
  • Histórico de sinistros;
  • Estacionamento e outros.

Como funciona a questão dos Condutores adicionais?

Quando se nomeia um condutor como principal em um seguro, isso não quer dizer que somente ele poderá dirigir o veículo.

Será possível nomear os condutores secundários do carro, esses que passarão menos tempo dirigindo o veículo.

É bem normal que as seguradoras cobrem alguma taxa por conta dos motoristas adicionais, mas, esse valor cobrado é necessário para que seja recebia a indenização.

Aproveite e se liga nos 5 motivos do porque fazer um seguro de automóvel!

porque fazer um seguro de automóvel

O que acontece se um condutor diferente for escolhido ou nomeado?

Quando se trata em pagar menos alguma coisa, as pessoas podem agir de má fé, muitos mentem na hora de cotar o seguro e escolhem como condutor principal a pessoa que poderá ajudar o valor do seguro diminuir.

Normalmente pais e avós costumam colocar os seus nomes no seguro como condutor principal, pois eles já sabem que o valor será menor.

Isso simplesmente acontece, porque quanto mais novo o condutor principal é, maior o risco para a seguradora e consequentemente será maior o valor do seguro.

Por isso, quando ocorre o sinistro a seguradora possui um papel investigativo sobre todo o ocorrido para poder fazer o pagamento do prêmio.

Se for declarado que as informações que foram dadas pelo segurado são falsas, a probabilidade de conseguir receber o valor do prêmio do seguro é muito pequena.

Normalmente as empresas seguradoras irão recusar o pagamento de indenização e todo o dinheiro que você investiu no seu seguro até o momento será perdido.

Passar informações falsas é crime e a pessoa poderá ser processada, tome bastante cuidado com isso, o que pode parecer ser uma boa opção para pagar menos poderá virar um caos na sua vida.

Por isso, quando for preencher os dados do formulário de preenchimento de um seguro de veículo, ou qualquer outro jamais minta, fale somente a verdade.

Passando as informações corretas, você poderá dirigir com toda tranquilidade que precisa e saberá que quando precisar do seguro você será atendido.

 

Diego Brasileiro

5 dicas para contratar um seguro de caminhão barato: Toques Essenciais que Fazem a Diferença!

Artigo anterior

Preço médio do seguro do Renault Kwid: Como Pagar Menos no Seguro desse Carro? Confira!

Próximo artigo

Você pode gostar

Comentários

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *