protecao veicular

Existem diferenças entre seguro e proteção veicular, mas para algumas pessoas não há distinção, por isso elas escolhem erroneamente o serviço que mais pode se adequar aos seus perfis.

Continue lendo este artigo e descubra qual o melhor para você.

Ter o seu veículo protegido é importante, seja apenas de um carro de passeio, ou se você possui uma empresa que utiliza uma frota de veículos. De qualquer forma é essencial que você seja precavido quanto a segurança do seu veículo.

Para escolher entre o seguro e a proteção do seu veículo você precisa conhecer todas as vantagens e desvantagens que cada serviço oferece.

Para tornar a escolha mais fácil é importante também analisar a lista das melhores seguradoras do ano de 2019.

Quais as principais diferenças entre o seguro e a proteção veicular?

Existem pontos essenciais que diferenciam o seguro e a proteção veicular, citaremos em uma lista primeiro as características sobre o seguro e em seguida as características sobre a proteção veicular.

  • Adesão

Par aderir ao seguro, você precisa da intermediação de empresas seguradoras. No caso da proteção veicular, seu contato será intermediado por associações ou cooperativas especialistas.

O processo de adesão é semelhante nos dois casos, tanto na adesão quanto a proteção veicular o veículo passa por um processo de inspeção e avaliação para que o contrato seja efetivamente assinado.

  • Contratação

Quando se faz um seguro o contrato é uma apólice. Nesse documento constará todas as informações referentes ao que está sendo segurado, no caso o veículo e tudo que será coberto bem como todas as garantias que foram contratadas. Também consta o valor do seguro.

O pagamento do seguro é feito anualmente, claro que as seguradoras podem parcelar em uma quantidade de parcelas e valores, que caiba dentro do orçamento do cliente.

No caso da proteção veicular, o contratante ao se associar à cooperativa em questão, e nesse caso, passará a arcar com mensalidades.

  • Processos de regulamentação

As seguradoras têm a sua regulamentação, regidas pela Superintendência de seguros privados (SUSEP), e obedece às normas do Conselho nacional de seguros privados (CNSP).

Já a regulação das empresas que oferecem proteção veicular são regidas pela Agência de auto-regulamentação das associações de proteção veicular e patrimonial.

  • Cobertura

Observando de maneira ampla e geral, a cobertura das suas é bem semelhante, às duas contam com serviços de cobertura contra: roubos e furtos, batidas, incêndios, etc.

Claro que é importante salientar que para a contratação do seguro ocorrer.

Algumas análises devem ser feitas pela seguradora que envolve o bem do segurado para assim ela estipular o seu risco.

Questões como; quem vai estar dirigindo o veículo, sua idade, localidade onde reside, entre outras.

Serão analisadas na hora da seguradora assumir todos os riscos sobre o veículo.

Quando se trata de seguro, eles podem oferecer mais serviços com a cobrança de taxas adicionais.

Aproveite e deixe o seu veículo segurado de forma simples e rápida, acesse!

Quais as vantagens de contratar um seguro?

Para você escolher entre o seguro e entre a proteção veicular é importante você saber as vantagens que cada um oferece e também compará-las as necessidades que você possui, e assim poder escolher de forma consciente a que mais atende às suas necessidades.

No caso do seguro, ele possui uma maior garantia ao seu assegurado.

Em caso de o contratante do seguro precisar receber algum tipo de indenização, as seguradoras tratam desses processos de forma mais rápida e prática.

Indenização

As seguradoras possuem uma reserva financeira que visa garantir o pagamento das indenizações, essa reserva é protegida por lei e nenhuma seguradora pode deixar de ter essa reserva.

Nas empresas de proteção veicular, a indenização depende da efetuação do pagamento de todos os que contratam o serviço.

Caso haja inadimplência de alguns, a associação de proteção veicular pode sentir dificuldades em efetuar o pagamento das indenizações.

Quais as vantagens de contratar uma proteção veicular?

Uma das principais vantagens de se aderir a uma proteção veicular é a flexibilidade. Ela, diferente da seguradora, não exige que seja traçado um perfil do condutor do veículo. Com isso o seu valor não irá subir se baseando nas informações de quem irá dirigir o veículo.

Outro ponto positivo a ser analisado é que o serviço da empresa de proteção veicular é muito rápido, a agilidade quanto as burocracias no momento da adesão da proteção do veículo.

Quanto ao termo que é assinado no momento da adesão da proteção veicular, ele é bem simples e após ser assinado a cobertura de proteção do veículo passa a vigorar no mesmo dia.

Além de uma assistência que funciona 24 horas por dia, e a sua proteção do veículo se estende por todo o território do país, assim como o seguro também proporciona, nesse quesito ambas trazem essa facilidade ao segurado.

As empresas de proteção veicular são ilegais?

Muitas pessoas tendem a acreditar que as empresas de proteção veicular são ilegais pelo seu serviço ser feito através de associações. No entanto, isso não é uma verdade.

De acordo com a constituição é possível verificar a veracidade e legalidade das empresas de proteção veicular. Observe os incisos XVII e XVIII do artigo 5.º:

Art. 5.º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

 XVII —  é plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar;

XVIII —  a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento;”

Depois de confirmar através da constituição que o serviço de proteção veicular é regulamentado e legalizado, você pode ficar muito mais tranquilo para adquirir uma proteção veicular.

No entanto, para que de fato, você realmente possa se tranquilizar, antes de contratar o serviço de proteção veicular você deve pesquisar muito sobre a empresa que está à frente da proteção do veículo.

Cuidados antes de contratar um serviço para o seu veículo

Antes de efetuar qualquer adesão seja em uma seguradora ou em uma empresa de proteção veicular você precisa ter a certeza que ela é uma instituição séria e está legalizada.

Existem muitos casos de empresas de proteção veicular que aplicam golpes financeiros em seus associados. Em muitos desses casos o prejuízo que você pode vir a ter pode ser maior que o fato ocorrido com o veículo.

Existem registros de empresas que se associam a oficinas que usam mercadorias “piratas”, ou seja peças que não deveriam ser aproveitadas em um veículo. Dessa forma a relação financeira seria muito mais barata do que com uma oficina que trabalha corretamente.

Nesses casos, o ditado popular “o barato sai caro” se encaixa muito bem, pois as peças piratas acabam prejudicando o veículo por completo, exigindo que após um curto período, haja a troca de mais peças do veículo existindo mais gastos do que o necessário.

Nesse caso, o seu veículo está sendo posto em risco todos os dias, além disso o valor que você paga está servindo de nada com relação à garantia do seu veículo.

Cote o seu seguro auto agora mesmo, não vai levar nem 1 minuto!

Situações onde o seguro pode ser cancelado

Existem situações em que a apólice de seguro pode ser cancelada, então você deve ficar atento a cada uma das situações.

O motivo que talvez seja o mais frequente é a falta de pagamento das apólices de seguros é a falta de pagamento. Caso você deixe de efetuar um aparcela não há um cancelamento imediato de seu seguro. No entanto a seguradora necessita que você regularize para que a apólice permaneça com a validade.

A pessoa que contrata o seguro pode rescindir o contrato no momento em que achar que deve. Existem casos em que o valor está alto, ou desejar de trocar de seguradora, ou até mesmo vender o carro e ficar um período sem veículo algum.

Outro caso em que o seguro será cancelado é quando ocorre alguma motivação em que é necessário o pagamento total da apólice. Geralmente isto ocorre quando há algum roubo ou furto. Assim o assegurado recebe o valor e a pólice perde a sua validade.

A seguradora também pode cancelar o seguro, um caso bastante comum é quando o segurador oferece à empresa, informações falsas, ou fraudes. Por isso é importante sempre estar atento aos dados informados na hora da contratação do seguro.

Anderson Luis Gimenez
Fundador e Administrador da empresa CotandoSeguro.com, Anderson Gimenez conta com mais de 25 anos de experiência no ramo de seguros onde hoje atende o Brasil todo dando consultoria em seguros para pessoas físicas e jurídicas.

Como estacionar seu carro: um passo a passo simples e rápido

Previous article

Seguro CG 125: Saiba o valor médio do seguro desta moto

Next article

You may also like

1 Comment

  1. […] A vistoria prévia é basicamente uma forma de prevenir fraudes e conhecer melhor o bem protegido. […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *