O que é e como funciona o Seguro DPVAT?

Melhor Seguro para Você

Nossa ferramenta calcula seu seguro em mais de 10 seguradoras.

    Chame nosso assessor no whatsapp e tenha sua simulação em até 5 minutos!

    Se você procura informações sobre o Seguro DPVAT, neste conteúdo vamos sanar qualquer dúvida que você tenha sobre o assunto.

    Fizemos uma vasta pesquisa que resumimos aqui para você em 7 dicas e explicações exclusivas sobre o Seguro DPVAT.

    O que é o seguro DPVAT?

    O Seguro DPVAT é considerado um benefício, ele é o tipo de “ajuda” que não queremos precisar, mas se formos pensar na sua essência e para que ele serve, bem que é interessante ter como adicioná-lo.

    Caso você sofra algum acidente de moto, ônibus, carro ou qualquer outro transporte terrestre, existe uma indenização que você poderá solicitar via DPVAT.

    Mas calma! Lembre-se de um detalhe muito importante: somente receberá o seguro DPVAT, a pessoa que sofre um acidente — que cause qualquer tipo de dano pessoal — caso seja atingido por um veículo automotivo em via terrestre.

    O seguro DPVAT, serve para indenizar qualquer pessoa que fora vítima de acidente de trânsito, dentro de nosso território nacional.

    Então, caso outra pessoa ou você mesmo, passar por algum acidente desses, saiba que você poderá solicitar o seguro DPVAT.

    1 — Quem administra o seguro DPVAT?

    A Seguradora Líder é responsável por administrar o seguro DPVAT, lá no site deles, o acidentado ou familiar dele (responsável), poderá solicitar o seguro de forma online.

    2 — Quem possui direito ao DPVAT?

    Todas as pessoas possuem direito a este seguro, seja ela passageiro, pedestre ou motorista, culpados e não culpados.

    A lei do seguro DPVAT está em vigor, desde o ano de 1974, pela Lei 6.194.

    Caso você ou algum familiar sofre quaisquer lesões graves, ou leves, você terá direito ao DPVAT.

    3 — Como funciona o Seguro DPVAT?

    No DPVAT, você encontra 3 tipos de coberturas:

    • Morte: Ressarcimento de R$ 13.500,00:

    Neste caso, os herdeiros da pessoa que morreu em um acidente coberto pelo DPVAT, receberão o valor determinado em lei. A ordem de recebimento dos valores, vai de acordo com a vocação hereditária, de acordo com o Código Civil Brasileiro.

    • Despesas Médicas e Suplementares (DAMS) — a vítima terá direito a um reembolso de R$ 2.700,00:

    Nesta cobertura, a vítima receberá o reembolso hospitalar, farmacêutico e médico, causados por um acidente de trânsito em via terrestre.

    • Invalidez Permanente Parcial ou Total (IP) — a vítima será indenizada em até R$ 13.500,00:

    Nesta cobertura do Seguro DPVAT, a vítima terá direito a ser indenizada, em casos de perda total ou parcial, seja de movimento do membro ou função do corpo.

    4 — Como é feito o pagamento da taxa do Seguro DPVAT?

    Este seguro é pago todos os anos, todas as pessoas que possuem um veículo pagam o DPVAT, além do pagamento do IPVA (Propriedade de veículos automotores), que também é anual.

    É interessante que você saiba que o pagamento do DPVAT é considerado obrigatório.

    Para efetuar o pagamento deste boleto, basta acessar o site da Seguradora Líder, ou fazer a quitação em empresas credenciadas por ela.

    Assim como o IPVA, o DPVAT pode ser parcelado e o vencimento do boleto é na mesma data.

    5 — Como solicitar o seguro DPVAT? O que é necessário para fazer esta solicitação?

    Existem alguns documentos específicos solicitados pela empresa Seguradora Líder, para solicitação de reembolso do Seguro DPVAT.

    Será necessário apresentar o RG (Carteira de Motorista), o boletim de ocorrência também será pedido.

    Acessando o site da seguradora comentada, você terá todos os documentos necessários.

    Acesse o Site da Seguradora Líder Aqui!

    6 — O que o DPVAT não cobre?

    • Acidentes ocorridos fora do nosso território nacional;
    • Acidentes com veículos adquiridos fora de território nacional, que estão em circulação no Brasil;
    • Acidentes sem vítimas;
    • Danos pessoais que não foram causados por veículos automotores de via terrestre;
    • Fianças e multas impostas ao condutor.

    7 — Quanto tempo tenho para solicitar o DPVAT?

    Você tem até 3 anos em caso de morte, contados a partir do momento do óbito.

    Você também possui um prazo de 3 anos em casos de reembolso de despesas médicas, contados a partir do momento do acidente.

    Você também terá 3 anos em caso de invalidez permanente, contado a partir da data da invalidez ocasionada pelo acidente.

    8 — Existe alguma forma de receber este benefício mais rapidamente?

    Com certeza. Basta que você faça o acompanhamento dos processos, junto a Seguradora Líder, em seu site.

    9 — Como evitar ser fraudado no DPVAT?

    Muitos pensam que é um “bicho de 7 cabeças” dar entrada no Seguro DPVAT, mas não é.

    Através do acesso ao site que passamos anteriormente, você poderá solicitar todos os processos necessários. Por isso que é interessante que você mesmo faça, muitos caem em golpes quando pedem para outras pessoas fazerem esta solicitação.

    Seguro DPVAT

    Conclusão

    Bom, agora você já sabe o que é o Seguro DPVAT, como funciona, como acionar, quem tem direito e muito mais.

    Esperamos que você tenha gostado do conteúdo de hoje e que realmente possamos ter lhe ajudado.

    Se você gostou, compartilhe, ajude a outras pessoas a saberem como funciona o DPVAT.

    Comente aqui em baixo se ficou alguma dúvida e aproveite para fazer a cotação do seu seguro auto, caso não tenha seguro ainda para o seu veículo ou se você está pagando caro pelo seu seguro hoje.

    Cote o seu seguro auto aqui, em menos de 1 minuto!

    Picture of Anderson Luis Gimenez

    Anderson Luis Gimenez

    Fundador e Administrador da empresa CotandoSeguro.com, Anderson Gimenez conta com mais de 25 anos de experiência no ramo de seguros onde hoje atende o Brasil todo dando consultoria em seguros para pessoas físicas e jurídicas.

    Você vai ler Sobre