Perguntas e Respostas

Como acionar o seguro do carro – (MODO SIMPLIFICADO)

0
Como acionar o seguro do carro

Sempre podemos achar que estamos cientes de qualquer situação sobre como acionar o seguro do carro. Mas é interessante estar por dentro dos detalhes. Você sabia que para acionar o seu seguro em caso de sinistro será necessário fazer um boletim de ocorrência?

Se você sabia dessa informação, com certeza irá conseguir tirar várias outras dúvidas neste artigo, por isso, leia até o final, este post irá te ajudar muito.

Aproveite para fazer uma cotação de seguro auto em menos de 1 minuto!

Já não é novidade que ter um seguro auto não é luxo, mas sim um investimento para atender as necessidades do dia-a-dia. Depois que você efetua o investimento em um seguro, normalmente o segurado ainda tem dúvidas. O ideal é que o cliente sane toda e qualquer dúvida até o fechamento do contrato com a corretora de seguros.

No intuito de facilitar a sua vida, criamos esta matéria completa onde explicamos com detalhes como acionar o seguro do carro de forma simples e rápida.

Quando devo acionar o seguro do carro?

O seguro do veículo pode ser contactando em todos os casos que houver o sinistro do carro. Independentemente do tamanho do estrago no seu veículo você deve acionar o seu seguro.

Um caso que acontece bastante é o fato de o segurado ter deixado o veículo parado em algum lugar, quando o segurado volta ele se depara com um dos vidros ou lanternas do veículo quebrada. Caso o segurado tenha a cobertura para lanternas e vidros do veículo ele poderá acionar o seguro imediatamente.

Algo que não podemos esquecer é que para cada sinistro há uma franquia e ela deve ser paga para que o conserto seja feito.

O interessante é saber se o acionamento para o seu caso será necessário e se realmente terá um bom custo-benefício.

No caso que citamos acima dos vidros ou lanternas do veículo, o segurado deve perceber se realmente vale a pena consertar por conta própria ou se deve acionar o sinistro do seguro.

Cote agora mesmo o seu seguro de veículo!

Por este e outros motivos, é essencial que o segurado saiba os valores de franquia, desta forma você não terá problemas em saber qual será a melhor opção, acionar ou não acionar o sinistro, eis a questão.

Como acionar o seguro do carro

Para acionar o sinistro do seu seguro de veículo será necessário ficar atento em alguns passos necessários. Confira!

Passo 1: Garanta o seu boletim de ocorrência

Em todos os casos que houver batida de veículo, todos os envolvidos precisam efetuar o pedido de um boletim de ocorrência, o famoso B.O. O policial contactado, normalmente um escrivão, escreverá os detalhes que aconteceram no acidente, de acordo como foi descrita pela pessoa envolvida e com as outras que estão envolvidas na batida e o caso relatado.

Lembrando quem não estiver presente não terá a a chance de contar a sua história sobre o acontecimento ou muito menos confirmar.

Caso você seja o culpado, sempre será necessário o boletim de ocorrência para acionar o seu seguro.

Logo após o ocorrido, você deve pegar algumas informações essenciais para acionar o seu sinistro do seguro, veja quais são elas abaixo:

  • Nome completo do dono do outro veículo;
  • Telefone;
  • Número da habilitação

Depois que o segurado tiver pego esses dados, o próximo passo é solicitar o B.O.

OBSERVAÇÃO: Antes mesmo de acionar a seguradora é interessante que o segurado saiba o valor que ele poderá gastar para consertar cada veículo envolvido na batida. Essa informação é importante, pois a seguradora só pagará o conserto do seu veículo caso o valor seja maior do que o da franquia.

Através da apólice do seguro você saberá se possui a cobertura que cobre danos a terceiros, até o limite do valor que consta na apólice, lembre de verificar.

Passo 2: A hora de entrar em contato com a seguradora

Quando tiver o orçamento em mãos, entre em contato com a seguradora, esse contato poderá ser feito tanto por e-mail como por telefone. Ligar com certeza é a melhor opção, normalmente se demora mais o contato via e-mail. Confira o telefone da seguradora no próprio cartão de segurado.

Depois de entrar em contato, a seguradora irá pedir o número da sua apólice, os dados das pessoas envolvidas no acidente, incluindo o dono do outro veículo e os seus dados pessoais.

Caso você tenha fotos do acidente, peça o e-mail de contato para envio na ligação e as envie.

Quando chegar na etapa da ida para oficina, a própria seguradora fará um levantamento para saber se o problema ocasionado bate com as informações que você passou. Lembre-se também que poderá haver possibilidade de levar o carro para fazer uma vistoria, desta forma será comprovado as áreas do veículo que precisarão de conserto.

Caso o acidente não tenha sido de grande estrago para o seu carro, muitas seguradoras disponibilizam o atendimento destes casos via internet. Você poderá fazer o agendamento pelo próprio site de forma simplificada.

Caso de Colisão com vítimas

Nos casos de colisões com vítimas eminentes, primeiro verifique o estado de saúde das vítimas envolvidas, em seguida chame uma ambulância. Depois desse segundo passo, entre em contato com a Polícia Civil ou Militar para registrar o B.O. Depois desse passo é só seguir as mesmas informações explicadas anteriormente.

Casos de roubo ou furto do veículo

Nos casos de roubo ou furto do veículo, você precisará ir até uma delegacia para registrar a ocorrência em um B.O. É importante que você lembre de falar sobre todos os documentos e objetos que estavam dentro do carro. Desta forma você facilitará a retirada da segunda via de cada documento no DETRAN.

Lembre-se de citar no boletim todos os objetos e documentos que estavam dentro do veículo, especialmente nos casos de perda do documento do carro. Assim, você terá mais facilidade na hora de conseguir uma segunda via deles, no Detran.

Após o pedido do seu boletim de ocorrência, entre em contato com a sua seguradora para solicitar o sinistro. O prazo médio para resposta da seguradora é de 30 dias, ou até que o veículo seja encontrado.

Caso o veículo seja encontrado dentro do prazo, os danos que foram causados passarão por uma avaliação. Nos casos de danos que superam 75% do valor total do seu carro, você poderá inclusive receber o valor integral que estará constado diretamente na sua apólice de seguro.

Caso não tenha sido ultrapassado o limite dos 75%, o veículo será encaminhado para uma oficina para ser efetuado o reparo, depois disso logicamente será devolvido a você.

Caso você tenha a opção de carro reserva, lembre-se de acioná-la.

Documentos necessários no acionamento do seguro auto

Essa parte é muito importante e vamos destrinchá-la para você agora mesmo.

Lembre-se que independentemente de qual ocorrência ouve de sinistro o primeiro documento que você deve providenciar é o aviso de sinistro. Nele, irão constar todos os dados do ocorrido onde deverão ser informados no ato da solicitação. Serão feitas perguntas e você deverá respondê-las de acordo com o ocorrido.

Veja os documentos necessários para a solicitação de sinistro:

  • Boletim de ocorrência;
  • Comprovante de residência;
  • RG e CPF;
  • Documento de compra e venda, no caso do veículo seja financiado;
  • Carteira de motorista e o documento do carro.

Lembre-se que no cartão do seu seguro estará o telefone de contato e o número da sua apólice de seguro. Esses dados são extremamente relevantes. Outro fator importante é ficar atento as atitudes de quem bateu em você caso seja esse o ocorrido, normalmente as pessoas agem de má fé e costuma dar um golpe nesta situação.

Bom, é basicamente isto, esperamos realmente poder ter ajudado. Caso tenha gostado deixe suas considerações aqui em nosso comentários. Caso tenha ficado alguma dúvida deixe-as logo abaixo que teremos o prazer em tirá-las para você.

 

 

Diego Brasileiro

Valor médio do seguro Chery Tiggo: Custo-Benefício!

Artigo anterior

Valor Médio do Seguro do Toyota Yaris 2018/2019 (Inédito)

Próximo artigo

Você pode gostar

Comentários

Deixe sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *